terça-feira, 15 de março de 2011

Amor Próprio
A Felicidade não se compra!
Assim como também, não é possível ter de tudo, sem perder nada.
Tentar mudar os outros, seu parceiro, gastar toda a sua energia para mudar ou salva-los, significa roubar energia de si mesma. Pois só há mudança, quando a pessoa quer mudar.
É preciso se concentrar, naquilo que realmente vale a pena. E mesmo assim, estabelecer seus limites, e deixar que a outra pessoa, estabeleça os dela. Não um tipo de negociação forçada.
Mas aprender e valorizar, conhecer o outro e as suas necessidades, necessidades que se alteram com o passar do tempo. A necessidade de hoje, não será a de amanhã. 
O interesse em fazer dar certo, deve ser contínuo e recíproco.
Amar a si mesma, é controlar seus impulsos, e pensar no que é melhor, tanto para você quanto para os outros. É planejar o futuro, sem desvalorizar o presente.
Deve se viver, um dia de cada vez!
Amor próprio, é saber o que é bom para você, para então saber o que é melhor para os outros.
Porque ninguém gosta de ser traído, então não traia.
Ninguém gosta de que falem mal de nós, então não se deve falar mal dos outros.
Se você quer que te façam o bem, faça o bem.
Se quer amor, dê amor.
Se quer felicidade, seja inteligente e saiba, que a maior felicidade está em dar, e não somente em receber!!!!!!!!!!

Baseado em textos dos autores: Steven Carter e Julia Sokol

quarta-feira, 2 de março de 2011

As coisas mudam! Tudo Passa!!

A cada dia uma nova página, para uma nova história.
A esperança se renova, o amor renasce. 
É possível amar mais de uma vez, não da mesma forma, ou com a mesma intensidade. A tendência é acharmos que será menos interessante, mas podemos nos surpreender e nos deparar com algo mais profundo, mais concreto, maduro.
Uma coisa é certa, as páginas que se seguem, poderão não conter a história desejada, mas haverá sempre a oportunidade de recomeçar.
Basta querer!!!