quarta-feira, 2 de maio de 2012

PERDER para ENCONTRAR...



Pode se dizer que as dúvidas nos cercam ao longo da vida.
Todos nós no fundo, desejamos resposta pronta para todas as questões da vida. Muitos de nós adoraria ter claras estatísticas e porcentagens em tudo, para saber exatamente onde ou em que investir, obtendo então, um lucro garantido.
Em um olhar pessimista as dificuldades são infinitas, já no otimista, as mesmas são desafios, oportunidades de se superar.
No Sábio Livro Antigo, existe um enigma, em que você o lê e acha que entende, mas quanto mais você pensa nele, ou toda vez que você medita nele, você entende uma verdade ainda mais profunda. O enigma é este:
“Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á.”
Amar a Deus é um ato de Fé. Conhecer a Deus e se relacionar com Ele é uma iniciativa, uma escolha diária.
Poderíamos passar a vida inteira reunindo dados para saber quem é Deus e ainda assim não conseguiríamos saber tudo. Já o que faz a diferença no conhecimento que se adquire é a fé, a experiência que se tem com Ele através da fé.
A fé em ação é algo extraordinário. É a certeza de que Deus agirá.
Uma vida de fé é uma vida de Adoração.
Adoração é uma ação movida pela fé. É uma ação que demonstra gratidão.
“É necessário que aquele que se aproxima de Deus, primeiramente, creia que Ele existe.”
Sabemos que “a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.”
Adorar não é somente cantar, aplaudir ou levantar as mãos, mas todas as suas ações que demonstrem fé.
Seja o silencio, por motivo de reverencia a presença de Deus e seu poder.
Seja o ofertar, como um reconhecimento de uma causa, como a de ajudar outra pessoa ou um grupo de pessoas, o que torna esta uma ação social. Através do dinheiro ou outros recursos para suprir uma necessidade.
O ofertar de seu tempo como um meio de se aproximar de Deus através da oração ou do aprendizado com o objetivo de abençoar outras vidas ou de passar adiante o que se aprendeu.
Abrir mão de algo para abençoar outra pessoa, praticar o bem, praticar o amor ao próximo, a obediência a Deus é também a pratica do amor e é uma adoração.
Adoração é Toda Ação de Fé, como reconhecimento da existência de Deus e do seu amor por nós.
Para muitos, abrir mão de um bem em favor de outra pessoa é uma perda. Para quem ama a Deus, este mesmo ato, é um ato de gratidão a Ele, porque Ele nos amou primeiro e abriu mão do seu maior bem por nós, entregou seu único filho para nos salvar. E agir em nome dEle, abençoar outras vidas, levar o amor de Deus a outras pessoas, é também um meio de se Encontrar com Ele. Pois toda vez que você, verdadeiramente, o adorar, toda vez que fizer de coração, Ele, através da sua fé, se fará presente.
O “achar”, do enigma, se refere a “vida eterna”.
Para passar a vida eterna com Ele, você precisa crer que Jesus Cristo é o Senhor, que Ele é o filho de Deus, que se fez carne, habitou entre nós, para que alcançássemos salvação, e ressuscitou dentre os mortos e hoje vivo está.
O arrependimento nos renova e nos leva a uma nova realidade, chamada misericórdia de Deus, que nos traz o avivamento em Cristo.
“Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei. E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração.”

(Referencias bíblicas: Mateus 10:32,39 e cap. 28 – Hebreus 11:1,6 – 1 Pedro 3:8 a 18 – Jeremias 29:12,13)

Nenhum comentário:

Postar um comentário