quinta-feira, 12 de julho de 2012

Tudo o que não sei

.. Mudando um pouco de assunto, até porque esse é o meu pensamento neste momento ..rs ;)  ..


Na contra mão só houve um único e fatal encontro
Nos desencontros achei o que estava perdido
A chave que sempre guardei comigo

O melhor havia de ser preservado

No momento do desespero e desilusão,
barulho interno, de repente tudo parou,
um segundo, um piscar de olhos,
foi o suficiente e aconteceu

Não sei o porque, mas vi o impossível aparecer
A contradição veio com muitas afinidades
Diferenças e semelhanças com pontos fortes
Unidos do mesmo lado, cara e coroa
Pois não foi por sorte, foi escolha

A sinceridade respondeu o que queria que fosse para ela
E recebeu em sua dança poética uma trilha
que segue na direção de seu novo sonho
Ao som da canção, conta os passos
para que venha o seu destino